Os Melhores Conteúdos
De Marketing Digital

Tudo que sua empresa precisa para se posicionar e vender.

Psicologia das Cores: 5 formas de criar uma marca imbatível

17-1200x675.png

Para as técnicas do design, existem muitos estudos e principalmente análises profundas na mente do ser humano, nas atualidades, nas tendências, na cultura e nas simbologias, esse conjunto são quesitos capazes de influenciar todo o processo criativo que envolve o momento da criação.

O processo de criação envolve metodologias de briefing (conjunto de informações e dados para desenvolver criações) e de brainstorming (técnica de dinâmica em grupo no qual as ideias e potencialidade criativa são exploradas) e a partir disso é desenvolvida a identidade visual da sua marca.

A identidade visual é um conjunto de elementos visuais que formam a identidade da empresa, ou seja, uma referência visual da sua marca, do seu nome, dos seus serviços ou produtos, incluindo elementos como: o nome da marca, cores, logotipo, tipografia, vetores, desenhos, formatos, slogan, efeitos visuais, entre outros.

A identidade visual envolve o principal contato que a marca possui com o consumidor e com o seu público alvo.

Deve receber uma atenção direcionada para seu desenvolvimento e um investimento financeiro gerado pela empresa. Uma das técnicas que são abordadas durante a criação da identidade visual são as cores.

As cores são elementos fundamentais pois trabalham a mente humana e principalmente o engajamento que elas possuem em relação a publicidade, denominada Psicologia das cores”.


O que é Psicologia das cores?

A Psicologia das cores é um estudo voltado para a análise de como o cérebro humano identifica as cores e como as sensações são transmitidas através de cada cor utilizada. A identificação dos tons é algo subjetivo, entretanto os efeitos que as cores transmitem é universal.

Para o designer as cores são fundamentais para a composição de tudo que envolve criação e deve ser utilizada com bastante cuidado e atenção, pois se feito corretamente pode se tornar um atrativo, principalmente quando trata-se de publicidade.

As cores possuem significados fixos, porém estão muito relacionadas a cultura no qual está inserido, um exemplo são que para o Oriente e o Ocidente a simbologia das cores são diferentes, assim como certas cores possuem significado negativo e para determinados usos deve ser evitada.

Devido a isso é importante sempre se atentar e dedicar um tempo para estudar as cores, seus significados e aplicações e a partir disso utilizar como uma vantagem em relação aos seus concorrentes.


Psicologia das cores e a relação com o seu negócio 

Quando se trata de uma marca, a psicologia das cores está extremamente relacionada e é fundamental para alavancar seu negócio e criar uma marca memorável na mente dos consumidores.

Exemplo: 84,7% dos consumidores acreditam que as cores de um produto são muito mais importantes do que outros fatores e 90% das empresas possuem o visual como principal fator de marketing, a cor pode ser responsável por 60% da aceitação ou rejeição de um produto ou serviço.

Ou seja, só por esses dois números, já dá pra entender que as cores e os demais elementos visuais são fundamentais para empresas, produtos, embalagens publicidade, e demais.

Conheça alguns significados de determinadas cores:


Veja algumas cores utilizadas por marcas famosas e que são referência do uso das mesmas:

 

Dentro do círculo cromático ainda existem inúmeras cores que são devindas das cores principais, e cada uma pode alterar os significados apresentados anteriormente, então fique sempre atento.

Confira 5 dicas para aplicar a psicologia das cores na sua marca:

1. Círculo cromático: O círculo cromático é o conjunto das cores e suas variações, quando você possui o estudo sobre o mesmo, a consciência das combinações e o círculo em “suas mãos”, das cores complementares, não complementares, análogas e demais, você trabalha melhor a escolha das mesmas no seu projeto de criação, e assim causa maior impacto para o público;

2. Paleta de cores fixa: Para que sua marca seja memorável na mente dos consumidores, é necessário que as cores escolhidas não sejam mudadas constantemente, ou então o público não irá acompanhar e memorizar.

Estude muito e com a ajuda de um profissional defina as cores, ou a cor, utilizada com muita convicção e seja fixa;

 3. Ferramentas: Atualmente nos programas existem muitas ferramentas de combinações de cores para auxiliar na escolha para a sua identidade.

O próprio Adobe disponibiliza paletas e cores complementares ou contrapostas para a utilização, tornando mais fácil a escolha e uma visão mais variada de combinações;

4. Estude todos os significados: Já que as cores serão fixas para a sua marca, é importante que você estude o significado delas por inteiro, certifique-se principalmente dos significados negativos e das variações culturais que as cores possuem, é muito importante até para ser uma empresa mundial. Lembre-se de não errar no significado;

5. Diferencial: Por fim, saiba aproveitar os benefícios e o diferencial que o uso das cores trará para a sua marca, é um ponto importantíssimo então não se prenda em cores básicas e que são divergentes da sua marca, dos seus valores e do seu produto ou serviço.

A identidade visual é um investimento!

Adriano Luz


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Este site utiliza cookies para armazenamentos de dados de visitação para melhorar sua experiência.
Enviar uma mensagem!
1
Olá, Você deseja resultados para seu negócio?
Headlines Prontas
Mais de 200 títulos para escolher
Resgatar o meu E-BOOK
+357 biografias
PRONTAS para o Instagram
Resgatar o meu E-BOOK
Headlines Prontas
Mais de 200 títulos para escolher
Resgatar o meu E-BOOK