Os Melhores Conteúdos
De Marketing Digital

Tudo que sua empresa precisa para se posicionar e vender.

Técnicas de Copywriting | 9 técnicas poderosas

Tecnicas-de-Copywriting.png

As técnicas de copywriting é um dos fatores mais importantes para a venda de qualquer produto ou serviço, e sempre foi uma tendência no marketing digital. Mas você está enganado se pensa que uma copy é usada apenas para direcionar as vendas. 

Você também pode usar o texto para convencer seu visitante a assistir a um vídeo ou responder a uma pesquisa, por exemplo.

 

O que é copyright no marketing?

Em poucas palavras, copywriting é a habilidade de persuadir seus visitantes ou clientes em potencial a se envolverem com você, lidar com possíveis objeções sobre seu produto e apresentar sua solução como ideal para essas pessoas.

Para você ter uma ideia da importância desse processo dentro das estratégias de vendas, existem profissionais totalmente dedicados a essa função, os copywriters.

 

Técnicas de Copywriting

1. Recursos versus benefícios

Serve para descrições de produtos e serviços, e não se esqueça de incluir os benefícios do que você está oferecendo. Os benefícios incluem tudo o que o cliente deve sentir ao usar seu produto e, geralmente, sugere emoção ou como seus clientes satisfeitos se sentirão ao usar seus produtos.

Os leitores estão menos interessados ​​em quão incrível é um produto e mais interessados ​​em como ele pode beneficiá-los. É importante entender a diferença entre benefícios e recursos.

Se sua copy pode fornecer a solução que seu público-alvo está procurando, você pode facilmente chamar sua atenção. Ao contrário dos recursos, os benefícios fornecem aos leitores uma ideia detalhada do que eles podem realizar usando o produto de que você está falando. Por isso é essencial usar as técnicas de copywriting.

2. Empregue a narrativa

Conectar-se com seu público é uma ótima maneira de construir confiança e comunidade. Quando os usuários podem se relacionar com você e sua empresa, é mais provável que se tornem clientes. 

Uma das melhores maneiras de conseguir isso é contando histórias – dando exemplos da vida real ou anedotas para ilustrar seus pontos principais.

A narrativa pode ajudá-lo a manter a atenção do leitor e forçá-lo a ler seu conteúdo até o fim. Uma boa história pode ajudá-lo a criar conexões emocionais profundas com seus leitores e tornar sua oferta irresistível. Essas técnicas de copywriting é essencial na sua estratégia. 

3. Soar como um especialista

A melhor maneira de construir confiança com seus leitores é citando fontes confiáveis ​​para confirmar suas afirmações. Simplesmente declarar que há 2,7 bilhões de usuários ativos por mês no Facebook não é suficiente, você precisa adicionar um link para isso. 

Certifique-se de citar sites de alta autoridade e não qualquer site. Isso tornará seu conteúdo confiável, aumentará rapidamente sua credibilidade e aumentará as chances de conversão. Por exemplo, um estudo indica que:

  • 89% das agências de marketing digital que alcançaram uma taxa de sucesso de 50% ou mais no pitch de endas, usam a pesquisa primária ao elaborar seus pitches;
  • 34% das agências dizem que respeito e credibilidade no mercado são os principais motivos pelos quais ganham pitches;
  • 15% dos profissionais de marketing dizem que a reputação influenciou a maneira como eles selecionaram as empresas com as quais trabalhar.

Se você for capaz de fornecer e compartilhar os dados (e conclusões) de sua própria empresa e oferecer estatísticas exclusivas, é mais provável que se espalhe naturalmente. Qualquer pessoa pode reunir estatísticas de outras fontes online, mas compartilhar informações proprietárias é poderoso.

4. Use urgência

Se você quiser escrever uma copy que venda, você precisará criar um senso de urgência. Muitas pessoas tentarão fazer objeções assim que chegarem ao apelo à ação, e elas podem ser superadas fazendo com que o produto ou serviço pareça limitado.

Não precisa ser óbvio como “O estoque está acabando”, pode ser um pouco mais sutil, se necessário. Qualquer coisa que você puder fazer para criar um senso de urgência também ajudará a criar as conexões emocionais.

Se um cliente potencial sentir que pode perder se atrasar, então é muito mais provável que ele entre em contato com você. Construir um senso de urgência é uma boa maneira de motivar os compradores a agir:

  • Anuncie que uma venda está quase acabando;
  • Exibir quantas unidades faltam de um produto se estiver baixo;
  • Lembre os clientes de que um cupom só dura até uma determinada data.

Técnicas de copywriting como essas levam o cliente a agir mais cedo ou mais tarde. No entanto, você deve ter cuidado para não criar uma falsa sensação de urgência. 

5. Ofereça exclusividade

Todo mundo adora se sentir especial e único. É assim que muitas empresas de luxo se marcam. Se você compra um produto deles, você faz parte de um grupo exclusivo. E é por isso que muitas empresas usam essas técnicas de copywriting, mas nem todas podem fazer isso, mas aqui estão algumas maneiras de tentar:

  • Tenha uma área exclusiva para membros em um site;
  • Marque seu produto como raro e único;
  • Vender produtos de edição limitada;
  • Ofereça um boletim informativo privado.

Semelhante ao que mencionei com urgência, evite alegações falsas sobre exclusividade. Se o seu produto não for realmente exclusivo ou raro, não o anuncie como tal. Se os clientes descobrirem isso, isso pode prejudicar sua marca e sua credibilidade, o que, como você aprendeu, é muito importante.

Para promover a exclusividade genuína, tente criar coleções ou produtos limitados que são vendidos apenas por um determinado período de tempo. Você ainda pode ter seus itens principais, mas pode tirar vantagem dessa tática de redação. Da mesma forma, você pode criar produtos que usam materiais raros.

6. Use a honestidade

Ser honesto sobre seu negócio é a chave para o sucesso. Você pode pensar que mencionar desvantagens ou contras não seria benéfico, mas pode ajudar um pouco. Isso faz com que você pareça mais confiável, já que não está se concentrando apenas nas coisas boas do seu produto.

Seja honesto sobre como sua empresa começou, o que seus produtos fazem e não fazem e o que você pode oferecer. A última coisa que você quer é surpreender seu cliente ou deixá-lo insatisfeito.

A Volkswagen oferece um bom exemplo do que não se deve fazer: eles fizeram falsas alegações de que um determinado modelo de carro era mais ecológico do que realmente era. 

O resultado? Eles tiveram que pagar uma multa de US $ 2,8 bilhões e perderam muitos clientes fiéis. Se a Volkswagen fosse mais honesta desde o início, eles poderiam potencialmente ter evitado tudo isso.

7. Inclua frases de chamariz

Esta é a primeira das técnicas de copywriting que quase todo empreendedor aprende primeiro, e também é uma das mais eficazes. Uma frase de chamariz é simplesmente uma frase que instrui os usuários a realizar uma ação específica. Esses incluem:

  • “Compre Agora”
  • “Não espere mais”
  • “Contate-nos hoje”
  • “Obtenha seu orçamento gratuito”

Geralmente são curtos e amáveis. É o suficiente para fazer uma venda ou levar um cliente a uma. Digamos que você esteja promovendo um novo recurso do seu produto em uma postagem de blog. 

Alguns clientes em potencial estão muito animados, mas você não inclui nenhuma frase de chamariz ou link para o produto. Imagine quantas vendas você estaria perdendo. Use frases de chamariz para liderar os usuários no funil de vendas para evitar isso.

8. Foco na formatação

Você já se deparou com um artigo que fosse puro parágrafo de texto? Você provavelmente pegou alguns e saiu. Sem uma boa formatação, o conteúdo é difícil de digerir. Por isso essa técnica de copywriting é tão importante, pois isso torna difícil encontrar a resposta de que você precisa e entender o que o artigo irá discutir. Algumas boas regras de formatação são:

  • Use tags de cabeçalho para quebrar diferentes pontos dentro do conteúdo;
  • Use listas e marcadores para organização;
  • Algumas palavras-chave em negrito em cada parágrafo;
  • Incluir links úteis para outros recursos;
  • Adicionar imagens ou vídeo.

9. Faça-os dizer sim

Quando você entende seus clientes bem o suficiente, pode adaptar seu conteúdo perfeitamente às suas personas. Você deve fazer perguntas que provavelmente eles estão pensando em toda a sua copy de vendas. 

Se a resposta for sim, é mais provável que eles concordem com a compra posteriormente. Também é uma maneira maravilhosa de construir confiança, pois mostra que você os compreende bem. Exemplos incluem:

  • “Você está tentando construir um site?”
  • “Lutando com SEO?”
  • “Você está pensando em X ou Y?”

Como chamar a atenção para um anúncio?

Gancho

Aqui, você tem apenas alguns segundos para chamar a atenção do seu possível comprador. Use informações curiosas sobre o seu mercado, algo que surpreenda quem está lendo seu material e o convença a ler toda a sua apresentação.

Exemplo: Você sabia que os bebês podem dizer a diferença entre o bem e o mal antes de completarem um ano de idade?

Fonte, apresentação e autoridade

Depois de chamar a atenção deles, você precisará validar as informações fornecidas, justificando a fonte. Esse momento é utilizado pelo empresário para mostrar sua autoridade sobre o assunto e, principalmente, para reforçar sua missão com aquele produto.  

Exemplo: Meu nome é Lúcia Miranda e sou professora de jardim de infância com 24 anos de experiência. Eu ajudo mães e pais de primeira viagem a superar um período cheio de inseguranças: os primeiros meses do bebê.

Dores comuns

Antes de criar seu texto ou vídeo de vendas, você precisa fazer uma lista dos problemas e desejos do seu possível comprador, mostrando como seu problema ou serviço pode ajudá-lo.

Exemplo: Sei que você está lidando com a insegurança de cuidar de um pequeno ser humano que ainda não conhece nada do mundo.

Introdução de Produto

Agora é a hora de apresentar o produto e contar por que ele passou a existir na vida do possível comprador.

Exemplo: O que se desenvolveu nesses 24 anos de trabalho é um material completo que ensina como lidar com os primeiros meses do bebê.  

O que isso resolve?

Este é o momento ideal para dizer quais dores o problema resolve, deixando claro que funciona.

Exemplo: Aprenda a identificar os primeiros sinais que o bebê lhe dá, entendendo quando está com fome, com sono ou até mesmo pegando algo que é comum na época do ano.

O produto funciona para mim?

Aqui, além de tranquilizar o produto que dá certo para quem assiste ao vídeo, é importante validar essa ideia com depoimentos de outros compradores.

Exemplo: O curso para Novos Pais e para pessoas como você, que têm pouco tempo para frequentar os cursos à vista e estão interessadas em dar o melhor atendimento aos seus filhos.

Aqui está a opinião de pessoas que já assistiram às minhas aulas e os resultados que obtiveram:

—Testemunhos de outros compradores—

Formato, pagamento, acesso e garantia

Mostrar ao usuário o formato do produto, quanto ele vai pagar para adquiri-lo, a facilidade de acesso (no caso de produtos digitais como cursos online e ebooks), além de fornecer informações que garantam os direitos do consumidor, como como política de devolução e período de garantia.

Exemplo: O curso para Novos Pais é composto por videoaulas hospedadas em um site de fácil acesso.

O pagamento é seguro e suas informações bancárias estão protegidas. Logo após a aprovação da compra, você já recebe um e-mail com seu login e senha para acessar imediatamente o conteúdo.

Exemplo: Eu descobri um método que pode ajudar os pais e estou tão animado e confio tanto neste produto que o estou disponibilizando por 30 dias para que você possa experimentá-lo.

Funciona assim: inscreva-se no curso de Novos Pais e, se dentro de um mês desistir e não quiser mais ter acesso ao meu treinamento, basta cancelar e eu devolverei a inscrição.

Call-to-Action

Depois de mostrar todos os benefícios do seu produto, é hora de mostrar o que eles precisam fazer a seguir por meio de uma frase de chamariz clara. Uma call-to-action é, basicamente, o que você espera que seu visitante faça depois de ler o conteúdo de sua página, clicar em adicionar, assinar seu boletim informativo etc.

Alguns estudos mostram que uma call-to-action imperativa traz melhores resultados, já que você está literalmente dizendo ao usuário o que fazer. No entanto, você precisará realizar alguns testes com seu público para saber se essa hipótese funciona bem para seu modelo de negócios.

Exemplo: Baixe o e-book sobre paternidade gratuitamente.

 

Conclusão

Pequenas mudanças em sua copy de vendas podem fazer uma grande diferença. É um aspecto que todo empresário deve se esforçar para melhorar.

Como você pode ver, as técnicas de copywriting não precisam ser complicadas. É uma das estratégias de marketing mais econômicas para qualquer empresa. Experimente uma ou uma combinação das técnicas acima e experimente os resultados por si mesmo.

Adriano Luz


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com * Required fields are marked *


Este site utiliza cookies para armazenamentos de dados de visitação para melhorar sua experiência.
Open chat
1
Olá, Você deseja resultados para seu negócio?