Como multiplicar por 4 os resultados de seus anúncios no Google. Case real no ramo imobiliário

Não é segredo para empresas que utilizam o Google Ads (Adwords) que a batalha por pagar menos por cada clique é o que vai fazer a diferença entre ter bons resultados ou não.

O Google Ads é um sistema de anúncios do Google que é utilizado uma espécie de leilão para definir o preço de cada clique de cada anunciante. Mas diferente de outros leilões, existem muitas variáveis de qualidade que influenciam neste valor.

Na visão do Google, construir um negócio sólido tem que ser considerada a variável de longo prazo. Cada visitante do Google que faz uma pesquisa é tratado pela empresa como sua audiência, e audiência tem que ter sempre os melhores resultados para que ela para que volte a prestigiar com novas visitas e consultas.

Por conta disso, não basta uma empresa criar um péssimo anúncio que leva o usuário a uma péssima experiência. Na visão do Google este tipo de anúncio é terrível para seus usuários.

É por esta razão que o mecanismo de leilão do Google considera a qualidade dos anúncios para definir o valor que será pago por cada clique. Ou seja, quanto pior a qualidade dos anúncios de sua empresa, mais ela terá que pagar por cada clique.

Este algoritmo naturalmente acaba tornando inviável as campanhas de Google Ads para as empresas que não proporcionam qualidade nos anúncios para os visitantes.

 

Mas o que isso impacta em meu negócio?

Suponha que sua empresa invista uma verba mensal de R$1.000,00 em campanhas de Google Ads (Adwords). Suponha também que esteja pagando R$2,00 por cada clique realizado.

Nestes valores, sua empresa conseguirá atrair 500 pessoas.

Agora suponha que após um processo de otimização, o custo por clique abaixou para R$0,50. Neste segundo cenário, a empresa agora atrairá 2000 pessoas ao invés de 500.

Isso é o que pode gerar de diferença em seu negócio se conseguir uma otimização das campanhas que reduza consideravelmente o preço pago em cada clique.

 

Mas como uma empresa no ramo imobiliário conseguiu abaixar para 1/4 o valor pago por clique?

Há poucos dias atrás, em um importante cliente do ramo imobiliário, conseguimos um resultado 4 vezes superior. Em um mercado bastante competitivo e inflacionado por grandes portais de anúncios, como Zap Imóveis, Olx, Viva Real, Imóvelweb e outros, já tínhamos um resultado bastante interessante, onde o clique girava em torno de R$0,91.

Mas os resultados, como você pode conferir abaixo, foram impressionantes:

 

Julho/2018 – CPC (Custo por clique): R$0,91

 

Setembro/2018 – CPC: R$0,78

 

Novembro/2018 – CPC: R$0,66

 

Janeiro/2019 – CPC: R$0,47

 

Fevereiro/2019 – CPC: R$0,25

 

Maio/2019 – CPC: R$0,22

Maio2019

 

Para este cliente, realizamos as seguintes estratégias:

  • CTR (Click Throug Rate):  Esta é a taxa de usuários que clicam nos anúncios. Ou seja, a cada 100 vezes que o anúncio é exibido, se 4 usuários clicaram, logo o CTR do anúncio é de 4%. Neste cliente, trabalhamos a mudança dos títulos de anúncios, descrições, especificamos um anúncio para cada palavra que anunciávamos, de forma a tornarem anúncios altamente relevantes para cada pesquisa. O resultado foi um incremento considerável no CTR dos anúncios, o que é um indicador forte de qualidade para o Google;
  • Análise de palavras-chave: Embora isso não interfira diretamente no CPC, mas este item interfere nas conversões de visitantes em clientes. O tipo de palavra-chave que um visitante do Google esta digitando demonstra em qual estágio de compra ele esta e o quão próximo de efetivar um negócio ele pode estar. Por exemplo, uma pessoa que digita no Google “Tênis para corrida” é diferente de um consumidor que digita “Tênis Nike Shox Azul 43” (Não sei se existe este modelo, é um mero exemplo). O primeiro consumidor tem uma intenção de compra mas ele ainda esta no momento de pesquisa, ou seja, ele ainda não sabe qual tênis deseja, modelo, cor e etc. O segundo já sabe exatamente o que quer e esta muito mais próximo da compra. Então selecionar as palavras-chave que refletem consumidores em um estágio de compra mais avançado, é muito mais rentável e lucrativo para suas campanhas;

Além de trabalhar o CTR e a qualidade das palavras, para que o seu as campanhas passassem a ter uma relevância maior para o Google, foram realizadas outras estratégia, tais como:

– Campanhas por rede de display: São as campanhas inseridas em sites, ou seja, espaços dentro de sites destinados a publicidade, podendo ser exibidos de maneira estática (apenas uma imagem), ou com animações ou GIF.

– Remarketing: As campanhas de remarketing também são dispostas na rede de display, no entanto, diferente desta, o remarketing são os anúncios que “perseguem” o consumidor, isto é, quando ele pesquisa sobre um determinado assunto – por exemplo imóveis em Ribeirão Preto – os próximos sites que este consumidor visitar, haverá como anúncios de rede de display “imóveis em Ribeirão Preto”.

– Consumidores fundo de Funil de Vendas AIDA: A estratégia de Funil de Vendas refere-se a jornada de compra do consumidor, ou seja, até o momento de efetivação da compra, este consumidor irá passar por algumas fases como despertar sua atenção, interesse, desejo e ação (AIDA), onde ação é o momento da compra. Assim, o objetivo foi desenvolver anúncios mais específicos para atingir os consumidores que se encontravam no funil de vendas.

Estes são os principais fatores que fizeram que o os resultados dessa empresa fossem multiplicados por 4.

E se isso acontecesse em sua empresa também?

Caso queira uma Agência que trabalhe por esse tipo resultado, fale hoje com um de nossos especialistas através do botão de whatsapp que aparece no canto de seu navegador ou ainda através de qualquer outro contato aqui do site.

Um forte abraço!

Olá, Você deseja resultados para seu negócio?
Powered by